História


São Nicolau — O terreiro das bruxas
18 Ago 2016

São Nicolau — O terreiro das bruxas

Numa espécie de promontório sobranceiro ao mar no porto da Preguiça, e guardado por oito antigas e ferrugentas bocas-de-fogo languidamente esparramadas na poeira vermelha como se a banhos numa praia deserta, existe um padrão do tipo henriquino que diz que no ano de 1500, dia 22 de Março, passou ao largo da ilha de São Nicolau a armada de Pedro Álvares Cabral na rota da descoberta das terras de Vera Cruz.


SUCLA — Há setenta anos a criar riqueza em São Nicolau
16 Ago 2016

SUCLA — Há setenta anos a criar riqueza em São Nicolau

É um dos grandes impulsionadores do desenvolvimento do Município do Tarrafal. A fábrica de conservas que geriu durante décadas é uma referência da indústria nacional e fonte de criação de riqueza para toda a ilha de São Nicolau. Quando olha para o percurso percorrido, Jack Pinheiro sente-se satisfeito com os resultados do esforço e dedicação que sempre colocou no desenvolvimento da SUCLA - Sociedade Ultramarina de Conservas, Lda. Apesar das dificuldades da economia atual, da concorrência desleal vinda do exterior e da escassez de peixe que atualmente se regista nos mares de Cabo Verde, o proprietário das conservas Cadório sente-se orgulhoso e realizado ao passar o testemunho às gerações mais jovens.


Assim nasceu a morna “Sodade”
16 Ago 2016

Assim nasceu a morna “Sodade”

Alberto Francisco Cabral é o mais famoso contador de histórias da Praia Branca. O respeito e admiração que lhe conferem os seus 78 anos de idade, fazem dele uma autoridade na matéria. Homem viajado, percorreu muitos países a bordo dos navios por onde ia trabalhando, principalmente na Europa e no Brasil. Fica o lamento de nunca, nessas viagens, ter conhecido as ex-colónias portuguesas, e uma em particular: São Tomé e Príncipe, o destino de muitos dos que partiam de São Nicolau em busca de melhores oportunidades. É numa dessas despedidas que Alberto Cabral ouve pela primeira vez cantar, da voz do seu autor, a morna “Sodade”, talvez a música cabo-verdiana mais conhecida em todo o mundo. É a história dessa mesma morna que Alberto Cabral tem hoje para nos conta


Brava – A Ilha das Lendas
12 Ago 2016

Brava – A Ilha das Lendas

Eugénio Tavares diz que da Brava para qualquer ponto os ventos são sempre de proa, o mar é sempre picado, as correntes sempre contrárias, o céu sempre toldado e prenhe de ameaças. Mas o regresso é a fresta, o mar é de rosas e os ventos de feição.


Bana – Uma vida a dignificar a morna de Cabo Verde
30 Nov 2013

Bana – Uma vida a dignificar a morna de Cabo Verde

[su_spacer] Começou a aprender com o mestre. B.Léza, além de seu tutor, serviu-lhe igualmente de inspiração. A forma peculiar de cantar, arrastando as sílabas e atravessando os tempos musicais, foi em tudo moldada a partir dos ensinamentos de B.Léza. Esta forma particular de interpretação não reunia o consenso da generalidade das pessoas, o que, naqueles primeiros tempos, ajudou a ampliar a aura criada em torno...

Ler Mais


Germano de Almeida – Ilha do Maio: A rota do Sal
30 Nov 2013

Germano de Almeida – Ilha do Maio: A rota do Sal

[su_spacer] Entre a ilha de Maio e a Boa Vista está uma baixa em meia coroa. E jaz com a ilha de Maio e Boa Vista norte sul e toma a quarta do nordeste e sudoeste. O navio que for de Espanha e houver vista de Boa Vista e de Maio e for para a ilha de Santiago vai da banda do sul delas por...

Ler Mais


“Por um desporto novo” – O desporto e o pós-independência em Cabo-Verde*
30 Jul 2013

“Por um desporto novo” – O desporto e o pós-independência em Cabo-Verde*

[su_spacer]    Victor Andrade de Melo* Em Cabo Verde, o desporto está organizado desde os anos finais do século XIX, especialmente em São Vicente, em grande parte devido à situação privilegiada de seu porto, que se tornou importante para as rotas navais internacionais. Mais do que influência estrangeira, o desenvolvimento esportivo tem haver com o fato de ter sido mobilizado pelos movimentos de construção de...

Ler Mais


Ilha do Sal – Uma viagem pela história
31 Mai 2013

Ilha do Sal – Uma viagem pela história

Texto: Germano de Almeida [su_spacer] A ilha do Sal parece ter sido descoberta em 1460 por António da Nola. Por causa da enorme planície que se via do mar e que muito contrastava com as ilhas já descobertas, Nola começou por dar-lhe o nome de ilha Lana ou Chã. Mas depressa modificaria aquela primeira designação, ao explorar a salina natural de Pedra de Lume. É...

Ler Mais



Page 1 of 41234